Glamourosamente Grávida

Quando as hormonas estão todas descontroladas e abrimos o guarda roupa e não encontramos nada que nos sirva para vestir, é o suficiente para uma grávida desatar num pranto de inundar uma cidade inteira.

Para que isso não aconteça, permita-se a adquirir algumas peças que a tornarão mais glamourosa, conjugadas com outras peças que ainda lhe servem.

Cuide de si e do seu look pois ficará mais animada e o seu bebé sentirá que a mamã está feliz e ele também se sentirá bem!

Para hoje temos uma pequena amostra de looks mais primaveris para que possa ir trabalhar, ou dar grandes passeios para aproveitar o sol ou ainda para ir a algum evento (como o vestido da primeira foto).

Há grávidas que não irão suportar os saltos altos de alguns looks mas, pode adaptar o look à sua maneira com uns sapatos rasos bem fashion.

—–

As imagens presentes neste artigo são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar correctamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contacto, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

The images in this post are taken from the Web. Failing the credit correctly appreciate that if some of the authors did not authorize its publication contact, for them to be withdrawn immediately.

A Fofura dos Pezinhos Pequenos

Porque é que os pais gastam muito dinheiro em sapatinhos que não vão durar servir durante muito tempo?!

Porque os sapatinhos são tão fofinhos! Porque dá um gosto incrível calçar estes pezinhos pequeninos! É impossível resistir! E quando há o mesmo modelo, ou parecido, para os pais aí o gasto é muito maior.

Amamos andar igual aos nossos Glambabys, não amamos?!

—–

As imagens presentes neste artigo são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar correctamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contacto, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

The images in this post are taken from the Web. Failing the credit correctly appreciate that if some of the authors did not authorize its publication contact, for them to be withdrawn immediately.

A Creche e o Bebé Doente

O Glambaby entrou só agora para a creche e mal entrou já apanhou a primeira virose. Três dias depois para ser mais específica. Depois de pesquisar muito sobre o assunto, apercebi-me que a entrada no infantário costuma ser sinónimo de doenças tratando-se, apenas, de uma fase transitória.
Vamos lá perceber porque é que isto acontece…

Então, os recém-nascidos e latentes têm menos defesas contra os micróbios do meio que nos rodeia, por isso, são mais sujeitas a contraírem infecções que são, na maioria das vezes, causadas por vírus e  curam-se espontaneamente.

Muitas destas viroses têm  um nome específico, como a rinofaringite, o exantema súbito ou a varicela. No entanto, muitos episódios febris não têm uma sintomatologia clínica típica, pelo que o médico o denomina apenas como virose. Os vírus causadores da doença podem ser muitos e nem sempre identificáveis, mesmo com análises. Porém, não se assustem quando o pediatra disser que a criança tem uma virose pois, isso não significa  que não sabe o que a criança tem, conforme muitos pais julgam.
Como as gotículas nasais são a principal fonte de contágio, é compreensível que nas creches com outras crianças o contágio seja mais fácil. Isto nada tem a ver com más condições ou falta de cuidado das educadoras.

Quanto ao tratamento, é essencial perceber que as viroses não se tratam com antibióticos. Mais uma vez, a maioria destas doenças tem cura espontânea, porquanto estimulam o sistema imunitário do organismo humano. Mesmo as crianças pequenas são capazes de pôr em ação os seus mecanismos naturais de defesa.
É normal, resumindo a questão, que a criança passe quase mais tempo em casa doente do que no próprio infantário. Claro que isto preocupa os pais, pois todos queremos o melhor para os nossos filhos, mas consultem o vosso ao pediatra que vos irá tranquilizar e explicar como é uma situação é transitória.