Ser Mãe | Ensinar Não é Fácil | Dificuldades do Dia a Dia

Ser mãe não é fácil! Quem diz ser fácil é porque têm filhos que são uns santos e que, nunca fazem birra por nada.

Não nos podemos queixar que o nosso piolho seja um demónio! Claro que não!

Ao que vejo, no nosso dia a dia, há crianças milhões de vezes piores aos nossos olhos!

O nosso menino tem é vários momentos de birra com os pais! Sim, com os pais, tal como a mãe (quem saí aos seus não degenera), quem lida com ele fora de casa pensa que ele não parte um prato! Mas a realidade é bem outra!

Ainda uma destas manhãs, o senhor pequeno aqui de casa lembrou-se de não querer comer e desatar num choro que só visto! Razão?! Nenhuma sem ser testar a paciência dos pais.

Por causa destas e outras traquinices, começamos a estudar outras formas de combater este tipo de situações sem ser com chamadas de atenção em voz alta.

Uma dica muito engraçada é, associar músicas às actividades que o nosso filho precisa de fazer, assim ele acaba por achar interessante cada tarefa diária. Podem duvidar da eficácia mas, já tentaram festejar uma vitória (como utilizar o bacio sem sujar as cuequinhas) com uma canção acabada de inventar por vocês?! Eles deliram! São mudanças grandes para os nossos rebentos e, tudo o que pudermos fazer para atenuar a sensação de mudança é uma mais valia.

Outra dica é convidá-los a participar nas tarefas diárias. E quanto mais cedo melhor! Quando são pequeninos eles acham graça o poderem ajudar! Ao nosso filho, não precisamos de pedir duas vezes, basta dizer “Ajudas a/o Mãe/Pai?!” E ele ajuda! E enquanto o faz esquece-se que, segundos atrás, estava a fazer uma birra! Acreditamos que, mais tarde, por já estar habituado a ajudar, o continue a fazer mesmo que, duma forma mais séria.

Uma outra dica que estamos para experimentar, e que parece resultar muito bem, servirá para que ele coma sem essas birras que, por vezes, faz. A dica é imaginarmos razões divertidas para ele comer. Criar uma história de que os alimentos querem fazer uma festa dentro da barriga, que a família dos grãos de arroz quer morar na barriga toda junta…. Dar um nome à comida que têm à frente, como por exemplo, o prato do Chase da Patrulha Pata, ou a água do Faísca Mcqueen… Podem imaginar brincadeiras para a hora do banho, a hora de dormir, entre outras… usem a imaginação.

A última dica vem do nosso filho, ele está numa fase (quase 3 anos) em que não fala tão como as outras crianças mas, agora, começou a questionar o nome de todas as coisas que o rodeiam. Por isso, a última dica é aproveitarem cada passeio, cada ida ao supermercado para ensinar algo de novo aos vossos filhos como se fosse um jogo. Aqui em casa é quase um jogo de “Esconde-esconde“. Nós pedimos-lhe para procurar um objecto e ele tem que encontrar. Ele fica todo feliz porque o encontrou.

E vocês?! Como ajudam o vosso filho a evoluir?!

Anúncios

Como (não) maquilhar uma Criança no Halloween 👻

As crianças têm a tendência de nos surpreender e de alegrarem o nosso dia das maneiras mais engraçadas.
Hoje saímos um pouco da programação normal para contar o que se passou hoje com o meu “pequeno amor da mãe“.
A creche do meu filhote pediu que, todos os meninos fossem vestidos de escuro e maquilhados.
Por isso, esta manhã, vesti-o e perguntei-lhe se queria maquilhar-se!
“Não!”
“Mas é tão giro!”
“Não!”
“Olha a mamã a fazer uns riscos na cara.” (E risco a minha própria cara) “E agora, já queres?!”
“Não” (Responde com um sorriso na cara)
“Queres pintar a mãe?”
“Sim” (Pega nos lápis e desenha a cara da mãe todo contente)
“E agora queres pintar a tua cara?!”
“Não!”
E assim desisti!
Lá foi de cara limpa para a creche, deixando a mãe toda pintada em casa!
Chegando à creche, descobre-se que apenas uma criança foi pintada para lá!
Quantos pais terão ficado em casa pintados? Só Eu?!
Podia ter insistido mais mas, é para ser um dia divertido, em que ele se sinta bem e, por isso, não ia forçar a que fosse pintado se ele não queria.
E vocês?! Conseguiram maquilhar os vossos filhos?!

Pelo menos vestiu a camisola de fantasmas que lhe consegui comprar na MO por 5€!

Muito fofa não é?!

Carteira Multifunções! Para o telemóvel também?!

Nós mulheres conseguimos ser mesmo muito camaleónicas!

Tão depressa queremos uma mala enorme, que nos permita levar a casa às costas, como queremos uma simples carteira que nos permita levar o telemóvel, os cartões importantes e dinheiro vivo.

No meu caso é mais o não querer levar a mala do meu filhote, mais a minha mala, mais o carrinho de passeio, mais o saco das compras (quando é o caso)…

É terrível olhar para a minha frente e sentir que sou uma mãe exagerada pela quantidade de coisas que transporto.

Com este tipo de carteira, mantenho o que é meu tudo no mesmo sítio e transporto dentro da mala do meu filho! Assim, quando preciso das minhas coisas é só tirar aquela carteira! Está lá tudo dentro!

Menos uma mala para transportar quando saio com o meu filhote!

Já me sinto mais leve! Porque, convenhamos, nenhuma de nós usa nem metade das coisas que coloca na própria mala quando sai com os filhos!

E estas carteiras são tão giras e práticas!!!

—–

As imagens presentes neste artigo são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar correctamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contacto, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

The images in this post are taken from the Web. Failing the credit correctly appreciate that if some of the authors did not authorize its publication contact, for them to be withdrawn immediately.