Quando a Mala Rompe…

…Compra-se uma nova!

Se a anterior era a nossa mala perfeita…

Compra-se uma mala o mais parecida possível à anterior!

Mas Bernardete, apenas tinhas uma mala?! Não! Mas há sempre aquela mala que nos acompanha para todo o lado, não importa a situação, o lugar ou a meteorologia do dia! Aquela mala onde tudo cabe e, por isso, é que, por excesso de peso, ela acaba por se estragar.

Voltando à mala nova (porque me esqueci de tirar fotografia à mala velha antes de a deitar fora)… é esta!

Basicamente, a minha mala antiga tinha a mesma dimensão, a mesma cor, apenas não tinha este compartimento à frente e que dá tanto jeito!

Foram várias as lojas que percorri em busca da nova mala porque, nesta época do ano, as malas deste tamanho teimam em não ter fecho em cima e isso, para mim é essencial para não perder nada!

Foi na C&A que encontrei, quando já tinha perdido a esperança de encontrar uma “gémea” da antiga.

Custou 24.99€ e estou a amar andar na companhia dela.

Mas para quê uma mala tão grande?!

Isso para já é segredo mas, para a semana irei desvendar, mais uma vez, o que anda agora dentro da minha mala. Será que mudou alguma coisa desde a primeira vez que mostrei o que tinha dentro da mala.

Esperem para ver!

Anúncios