A Tortura Das Compras

shopping

Estamos quase a entrar numa das épocas mais loucas em relação a compras que é O Natal!

A ideia de que o Natal é uma altura para estar com a família, conviver e sermos mais solidários, por vezes, parece que se perde no meio do consumismo puro.

Se numa época normal, as lojas já se esmeram em serem atractivas para o cliente entrar e não sair de mãos vazias, nesta época do ano, somos convidadas a entrar nas lojas (físicas e online) e a gastar, gastar e gastar… Infelizmente, por vezes, para lá das posses de cada um.

Hoje deixamos algumas dicas para não destruírem a vossa carteira nesta época natalícia.

1º. No que diz respeito ao presentes, procure reduzir no número de pessoas a quem presentear. Ofereça postais com um texto bonito a quem não lhe é assim tão próximo. Se é criativo, use a sua criatividade para oferecer presentes singulares e úteis. Para quem a criatividade não é o seu forte, procure lojas com produtos originais e acessíveis. Ofereça, por exemplo, sardinhas de chocolate àquela amiga gulosa, ou uma caneca original àquela prima que gosta tanto de chás, ou uma garrafa de cerveja artesanal ao amigo que aprecia este tipo de bebida… Por vezes, não precisa de gastar muito para surpreender, basta escolher algo que é a cara da pessoa.

2º. Decorar a casa também é dispendioso e perdemos-nos com tanta oferta no mercado. Faça uma lista em casa do que quer como decoração e compre só o que não tem mesmo. Use a mesma árvore de natal, é como a base na maquilhagem não precisa estar sempre a mudar. Compre feltro e algodão e faça em casa bonitos enfeites de diferentes formatos. Com um spray de neve, salpique toda a árvore para lhe dar um ar bem natalício. Para os centros de mesa, use folhas secas e velas, as folhas não precisam de estar pintadas mas, para dar um toque especial pode pintá-las de dourado. Use feltro, também, para fazer as vossas próprias meias de natal, cada um poderá fazer e personalizar a sua.

3º. Quanto ao vestir, claro que, para o natal dá vontade de comprar a última tendência. Porém, procure antes comprar peças que poderá usar em outras situações, ou seja, intemporais e com as quais poderá fazer diversos looks. E antes de comprar, visite o seu guarda roupa porque, por vezes, encontramos aquele vestido ou aquele fato que já não vestimos à imenso tempo e que, por isso, ninguém se vai lembrar que você já o tinha usado. Se está a precisar de renovar o guarda roupa, espere pelo pós natal, aí a peça que tanto amou na montra estará bem mais barata.

4º. Nesta altura começam os imensos jantares de natal (dos amigos, dos colegas, dos vizinhos…) e com eles a troca de presentes até determinado valor. Procure um presente que saiba que irá agradar a todos nunca ultrapassando o valor estabelecido. Prepare dois ou três looks básicos aos quais poderá acrescentar acessórios que torne os looks diferentes. Assim evitará comprar roupa para todos os jantares.

5º. Se fizer jantar de família, peça que cada um traga algo para a mesa, assim, a despesa não será toda sua. Opte por pratos que custem pouco mas que deslumbrem muito. Faça uma pesquisa por receitas low cost para datas especiais.

O essencial no meio de todas as dicas que se possam dar é, saia de casa com ideia do que precisa comprar e restrinja-se a isso!!!

E vocês como sobrevivem às compras natalícias?!

 

Anúncios