10 Dicas Do Que Fazer Quando Se Tem Uma Criança Com Virose

O nosso filho passou a semana inteira em casa com uma virose.

Que virose?! Uma! Daquelas que dá diarreia e vómitos!

Quando se convive com outras crianças, a probabilidade de chegar a casa com uma virose é maior!

E acontece várias vezes.

Por isso, é importante ter já algumas regras em casa para lidar com a situação.

1. Se a criança está com diarreia ou vómitos, façam o possível para a retirar da escola o quanto antes. Isto porque, pode pegar a outras crianças ou piorar a situação dela.

2. Em casa, sempre que tiverem que mexer com peças de roupa com vómitos e/ou diarreia, ou mesmo limpar o vosso filho(a), lavem bem as mãos e passem álcool. Assim pode ser que não passe o vírus para os pais.

3. Não correr para às urgências. Liguem com a Saúde 24 e sigam as instruções dadas pelos enfermeiros com quem irão falar. Eles já estão habituados a este tipo de situações e dão todas as informações e encaminhamentos necessários a cada situação.

4. Mantenham a criança hidratada. Água! Sumo de fruta natural com água, chá! Tentar ao máximo que a criança vá repondo a água que perde com cada diarreia e cada vómito.

5. Não dar de comer nem de beber durante uma hora após o vómito, durante essa hora o estômago terá tempo de acalmar e poderá receber melhor os alimentos que introduzir a seguir. Introduza primeiro a água (duas colheres de água de 10 em 10 minutos) e gradualmente tente dar pequenas quantidades de comida cozida ou grelhada.

6. Durante o tempo de vírus, evite alimentos lácteos. Se a sua criança gosta de beber leite, prefira o leite sem lactose que não tem tanta probabilidade de interferir com os cuidados a ter.

7. Tomar em atenção se a criança não desidrata. Se tem os olhos muito fundos, se chora sem lágrimas, se a barriga está muito sumida ou se ao puxar a pele ela não volta ao lugar com tanta facilidade são alguns sinais de desidratação, além dos lábios secos com peles.

8. Atenção a aquecedores ou qualquer outro sistema de aquecimento pois ajudam a piorar a desidratação.

9. Contabilize às vezes que vomita ou defeca e aponte ou memorize as horas para ter uma noção de a frequência está a aumentar ou a diminuir.

10. Nunca hesite em contactar a Saúde 24 quando a situação altera para pior e, se não sente que consegue manter a situação sobre controlo comunique-lhes e eles ajudam!

Ainda há muitas pessoas que não dão valor à este serviço mas o certo é que, no nosso caso, conseguimos manter o nosso filho bem, conseguimos que ele deixasse de vomitar e aos poucos a diarreia foi parando sem necessidade de medicamentos nem de o expôr a outras viroses que pairam pelos hospitais.

Anúncios

3 Paletas de Sombras Que Uso e Amo

Não sou acumuladora de maquilhagem.

Até porque não gosto que os produtos se estraguem sem usar até ao fim.

Por isso, quando experimento um produto e gosto, normalmente passo um outro parecido para alguém.

Nunca verão o tocador cheio de maquilhagem.

As paletas que tenho são um pouco exemplo disso.

Nenhuma das 3, que mostro hoje, são iguais umas às outras.

Vamos conhecê-las?!

Catrice, Professional Artist Eyeshadow Palette

Com tons mate e com brilho, é uma paleta com cores neutras. Tem um tom verde com brilho e um rosa quase vermelho que ajudam a criar maquilhagens um pouco mais elaboradas.

Paleta ideal para viajar pelo tamanho e tons.

LOV, The Rose x Copper Eyeshadow Palette

Esta paleta é um pouco como a paleta da Huda Beauty. Tem uns pigmentos prensados fora do vulgar!

Acrescentam um toque de brilho lindo a qualquer maquilhagem!

Ideal para quem tem uma cerimónia e não quer levar paletas e pigmentos soltos. Têm tudo nesta paleta.

Revolution, Soph X Extra Spice

A mais recente que tenho e, por ter tons mais alaranjados que sinto que assentam melhor em mim, é aquela que mais tem sido usada!

A cor cheesecake é a que mais tenho usado no côncavo e a sweet n sour na pálpebra móvel.

Das três não consigo escolher uma só porque têm utilidades e cores diferentes nas, sem dúvida, que a Soph X é a que me preenche mais.

E vocês?!

Desabafo de Mãe | Fato de Carnaval Para Criança

Já se aperceberam que, quando vão procurar o fato de carnaval que o vosso(a) filho(a) idealizou, o fato está esgotado ou custa demasiado caro?!

Hoje em dia, a maioria das crianças amam os mesmos desenhos animados porque são aqueles com que são bombardeados no dia a dia.

Não por nós pais, mas pela televisão, pela Internet, pelas lojas, pelos amigos, pela escola…!

E podem me dizer… o meu filho(a) gosta mais do Homem-Aranha do que da Patrulha Pata que está mais em voga! Será?! O Homem-Aranha esteve recentemente no cinema e, as lojas têm bastantes brinquedos deste desenho! Há muitas crianças a quer Homem-Aranha! O nosso filho incluído!

E o que acontece a seguir? A creche/escola pede que a criança vá mascarada de casa. Pergunta-se à criança o que quer vestir nesse dia e… das duas uma… ou está esgotado o fato em questão… ou custa demasiado caro para um dia só.

Não sei vocês, mas nós, cá em casa, não achamos justo dar tanto dinheiro por um fato que a criança só vai usar uma vez! Muito menos um fato de carnaval!

E tudo o que está em voga fica sempre mais caro!!!

Exemplo que vi hoje: Fato de palhaço 15€ versus Fato de Homem-Aranha 40€.

Mesma loja, mesmo tipo de tecido… um está em voga o outro não!

E a realidade é que, o que o nosso filho gostava de vestir este ano é o Homem-Aranha! Vamos dar 40€ por um fato?! Não!

Vamos tentar improvisar!

PS: Se souberem de um fato de Homem Aranha mais acessível digam! Pode ser?!